Best Of Música - notícias - Teatro das Figuras: mês de Outubro, ao rubro!


por LiveCom a 07-10-2019 às 20:07

Teatro das Figuras começa Outubro com grandiosa celebração do Dia Mundial da Música, mantém aposta na programação infantil e acolhe fenómeno da comédia A Pipoca Mais Doce


Assinalando, com grande destaque, o Dia Mundial da Música, o Teatro das Figuras abriu o seu programa de Outubro com “Volta ao Mundo em 80 Compassos”, pela Orquestra Clássica do Sul e Coro OCS, numa celebração grandiosa que incluiu grandes obras da ópera e da música clássica de compositores como Bizet, Puccini ou Verdi.
A música continua a merecer destaque ao longo do mês. A 13 de Outubro o Teatro acolhe, no âmbito do Algarve Music Series, o espetáculo “Um Piano, Quatro Mãos”, com o duo Honor O’Hea/Robert Andres que, desde 1995, vem recebendo um acolhimento entusiástico por parte da crítica musical e público, em mais de quinze países.

Há muito que a comédia, no seu registo stand-up, tem justificado digressões de norte a sul do país e o Teatro das Figuras mantém-se na rota desta tendência crescente recebendo, no dia 4, “Agora Deu-me Para Isto”, aquele que é o primeiro solo de stand-up comedy da blogger A Pipoca Mais Doce. Mais habituado ao registo, o algarvio Môce dum Cabréste apresenta em palco o seu mais recente “Vou Ficar”, uma “enxurrada de desabafos viscerais”, como promete o comediante.
Relativamente à programação destinada aos mais novos, Outubro apresenta opções para uma faixa etária que vai até aos 3 anos, com “Catalua - Uma Estória Musical Para Bébés”, no dia 6; para maiores de 4 anos com um conjunto de 9 curtas-metragens “Filminhos Infantis à Solta pelo País”, no dia 6 e para famílias e crianças dos 3 aos 10 anos com o concerto poético “O Pássaro Escritor”.
No âmbito da 9.ª edição do Festival Verão Azul,  um festival transdisciplinar dedicado à promoção e difusão da criação contemporânea no Algarve, o Teatro das Figuras recebe vários espetáculos.  A 18 de Outubro, o artista, poeta e cantor de flamenco Niño de Elche apresenta ao vivo o seu novo álbum “Colombiana”. A 24 de Outubro, a Dewey Dell, companhia de dança italiana que, desde 2011, é também um projeto musical, com uma ligação inseparável entre som e movimento - os músicos tocam ao vivo através de uma coreografia e vice-versa - apresenta “Storm Atlas”. A  18, 24 e 26 de Outubro é a vez de “In Between”, um registo performativo da autoria da polaca Paulina Szczesna. A 24 de Outubro “Burn Time” de André Uerba. E o mês encerra as suas propostas de programação no dia 26 de Outubro com a performance “Chroma_Don’t Be Frightened Of Turning The Page”, de Alessandro Sciarroni, recentemente distinguido com um Leão de Ouro, na Bienal de Dança de Veneza de 2019.


Comentar





Voltar página anterior